segunda-feira, 8 de abril de 2013

Ando devagar porque já tive pressa...

" Tenho a impressão de estar assistindo minha vida passando diante dos meus olhos enquanto penso, penso e penso no que devo fazer, em como farei e assim vai.
Estou tomando a 8 dias Bupropiona 125mg, alguém já tomou? Dá realmente algum resultado? Pq já estou pensando em desistir."

Receber comentários assim me ajudam a entender muitas coisas.
Fico impressionada com as similaridades. Fico impressionada que essas similaridades tem nome, RG e CPF. Não é mais aquele “bolo confuso de pessoas desajustadas e azaradas”. Não, não. E melhor: tem saída! Rs

Hora de falar de remédio (dentro, claro, das minhas humildes perspectivas).
Meu médico descreveu a cabeça humana como um saco de gatos. Nunca se sabe exatamente e precisamente o que vai sair dali e nem sequer se serão gatos.
O ponto é que estamos tãoo desesperançados que quando encontramos uma luz no fim do túnel, não admitimos curvas no meio do caminho, nada que nos impeça de manter contato visual direto com o que imaginamos ser a saída de nossas agruras.
Eis aí a verdade com que todos nós nos deparamos a partir do início da esperança, início do tratamento: o caminho tem mais curvas que a estrada de santos e as luzes ofuscantes que surgem de noite são faróis altos que cegam a vista e causam acidentes.
Sendo este o caso, nada mais natural do que a frustração e o velho desejo de desistir. (Quem nunca desistiu de um tratamento que atire a primeira pedra. Rs)
Difícil pensar na hora, mas a realidade é que de curva em curva o carro percorre os quilômetros necessários pra atingir seu destino. Mesmo que demore a chegar, tudo é melhor do que ficar parado no meio do nada, no escuro.
Tratamento é assim. Às vezes dá muito certo logo no começo. Às vezes dá certo no começo e errado no meio. Às vezes dá muito errado no começo, no meio e melhora no fim (que nunca é um fim de fato!). Portanto, caro portador, não desista! Muitos medicamentos apresentam efeitos colaterais muito desagradáveis, mas que passam. Se não passar, não passe para o desânimo total, converse com o médico, passe para outro medicamento. Não faz mais efeito, faz efeito demais? Converse com o médico, altere doses. Muitos dizem que o prazo para o remédio começar a fazer efeito é de 15 dias. Digo de novo: cada organismo uma reação. Eu demoro cerca de 1 mês, um mês e meio para me adaptar ao remédio e obter os benefícios que ele promete. E qualquer aperto ligo pro meu médico e já começo assim: sou eu de novo, não desista de mim! rs
A palavra que mais saía da minha boca era cansaço. Mas cansada mesmo eu estava era da inércia, de não poder descer do vagão, de não ter controle algum sobre minha vida. Posso garantir que o cansaço na busca de melhora compensa! A gente sai do buraco cuspindo terra, mas sai!

Pensar demais, creio que sempre pensaremos. Mas não precisa ser em círculos. Escolha um bom médico e siga em frente!
;)

11 comentários:

  1. Nem tenho como agradecer esse post, ele me deu força para continuar e ser persistente. Afinal não quero me identificar com essa frase no futuro: "Mas cansada mesmo eu estava era da inércia, de não poder descer do vagão, de não ter controle algum sobre minha vida."
    Estarei sempre por aqui, bjo.

    ResponderExcluir
  2. É isso aí! Que bom que ajudou!
    :)

    ResponderExcluir
  3. Oi Ana.
    Há pouco descobri teu blog e estou adorando ler e compartilhar anonimamente tudo que relatas, incrível como passamos pelas mesmas angústias e só olhamos nosso umbigo, enquanto muitos amigos portadores estão no mesmo barco.
    Sobre a medicação, tens aqui um diplomado, eu mesmo já disse pro meu médico que acredito já ter "experimentado" todas as medicações existentes no mercado, a cada mudança de tratamento digo brincando a ele: tem outra? sério? risos.
    Mas a Bupropiona, no meu caso o Wellbutrin XL 150mg estou começando essa semana, a princípio pedi pra sair da ritalina e estava muito depressivo, ai que achei bacana o que o médico me disse, que esse medicamento trata as duas coisas: depressão e TDAH, assim que sentir os resultados compartilho contigo, mas estou com esperanças, agora vai rs.
    Assim segue a vida, cada dia um passo, cada passo se vai pra frente. Conta comigo e obrigado por dividir tua rotina.
    João :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá João!
      Tenho o mesmo problema que você: a depressão. Também trato com Welbutrin xl, mas já to no 450 mg e agora tentando diminuir pra 300 mg rss. Mantenha as esperanças! Pra mim deu bem certo! E gostei do teu: "tem outra? sério?". rss É isso aí... nada como adquirir experiência! heheheh
      Me fala o que acha da Bupropiona depois! É bom saber em quantas pessoas ela faz um bom efeito!
      Grande abraço e obrigada pela presença e pelas palavras de incentivo! É assim que prosseguimos!
      :)
      Abração!
      Ana

      Excluir
    2. Tentei bupropiona, tomei Bup. Nao me lembro a dosagem, mas definitivamente nao foi pra mim. Me senti muito esquisita. Calafrios, sensacao febril, muito mas muito calor, daqueles que baixam a pressao mesmo. Por vezes achei que fosse desmaiar no onibus, ao chegar para o trabalho. E todo esse calor gerou um cheiro bem forte, com o suor. Nenhum desodorante funcionava, passei por varios momentos vergonhosos.
      Espero que para voces funcione.
      Hoje estou no 5 dia de ritalina LA 40. E sinto um cansaço, desanimo, falta de vontade de viver absurdos. Pensando em parar mas ao mesmo tempo queria continuar pra ver se melhora. So que trabalhar, lidar com gente, publico sentindo isso tudo esta sendo desesperador.

      Excluir
    3. Oi Vic!
      Quando alguém usa a palavra desespero, sinto na pele. Não sei se é possível no seu caso e trabalho, mas tentar explicar sucintamente que você não está bem por conta de adaptação de remédio pode diminuir a pressão em cima de você.
      Às vezes vou servir bebida pra alguém, por exemplo, e já digo: calma gente. eu tremo um pouquinho ok? É o remédinho.

      De qualquer forma, continue a nadar. :)
      BJus.

      Excluir
  4. Ola " companheiros" rsrs. E bomver que não estou sozinho nesta luta constante . Nunca fiz um comentario e nem post em blog ou qualquer outra coisa, este e meu primeiro. Enfim a palavra suicidio acredito que ja passou pela cabeça de todos aqui e constantemente pela minha. Alem de ter tdah, tenho um pai perfeccionista , numa familia onde é quase que uma " obrigaçao" ter sucesso profissional e ser " inteligente". Tenho respeito de poucas pessoAs em minha familia, exatamente pelo meu problema , ppr ser desligado d viver no mundo da lua, por isso passo o maior tempo de minha vida no meu quarto. Desde pequeno me achei diferente , e hoje sei o porque. Derepente meu comment esta bagunçado(rsrs palavra que define minha vida) mas estou escreendo o que vem em minha mente sem pensar. Enfim, sinto que minha vida esta passando e eu estou parado. Tomei ritalina por algum bom tempo, aos poucos fui parando ( acreditando ser normal) mas depois de dois meses sem parecia que tudo voltaava em dobro. Essa semana iniciei o tratamento com bupropiona 150 mg tambem. Vamos ver no que da. Como o amigo disse , " agora vai" Rsrs. Força a todos, abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá amigo, sinto o mesmo, mas as vezes cansa....abraco

      Excluir
    2. Luciano!!! Meu Deus como demorei pra responder seu comentário... Estava em outro universo provavelmente. Mas queria que soubesse que sou tãooo grata por vc ter estado aqui e deixado sua marca... Sim! Somos companheiros! Unidos nas "desventuras em série" e na luta por um lugar ao sol. A pressão de pessoas tão próximas quanto membros de nossa família pode mesmo ser algo massacrante. Também tenho um pai perfeccionista...
      Saiba mesmo que não está sozinho e estamos aqui pro que precisar!!! Se aparecer de novo dê um oi e eu prometo responder mais rapido! ;)
      Obrigada de novo por sua participaçao!!!
      Abração!

      Excluir
  5. Olá, é muito bom poder ler, e ver que não sou anormal, que tem muita gente no mesmo barco, ou seria porto? já que todos nós temos a sensação de estar parado no tempo. Comecei com Donaren Retard, que não deu efeito algum, depois fui para o Escitalopram e agora combinado com o Bup 150 mg, até agora não senti muita melhora. Mas tenho muita fé que dará certo. Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ranier!!! Olá!!!

      Tomei Donaren já e me pareceu ter levado uma tacada de baseball na cabeça hahahha. Hoje estou com bup associada à Valdoxan associado à Ritalina hehehehe Meu Deus é remedio hein! Mas se quer saber... se isso é o que preciso pra ter condições de levantar de manha e responder posts de lutadores como eu... vale a pena! Muito obrigada por ter passado por aqui e deixado sua experiencia! Isso ajuda muita gente, além de mim mesma claro! rs
      Espero te ver mais vezes!;)
      Grande abraço!

      Excluir